Você sabe o que é ser um Assistente Virtual?

Assistente Virtual

No dia 30 de setembro de 1850, nasceu Lilian Sholes, a primeira mulher do mundo a usar uma máquina de escrever. Filha de Christopher Sholes, o gráfico norte-americano e inventor da máquina de escrever, Lilian se tornou um símbolo mundial e é lembrada por muitos até hoje. Por isso, hoje comemoramos essa data especial em 30 de setembro.

No Brasil, comemora-se oficialmente o Dia da Secretária em 30 de setembro, já que foi nessa data, em 1985, que o exercício da profissão foi regulamentado por Lei. E os cursos de formação tornaram-se obrigatórios.

Através de pesquisas históricas, percebemos que o “antepassado” da secretária foi o Escriba – profissional de atuação destacada em toda a Idade Antiga, junto aos povos que desenvolveram a escrita e o comércio. Lendo a descrição do trabalho do escriba, observamos que há muitas semelhanças com o trabalho da secretária, resguardando, obviamente, as características de cada época: “O escriba oriental é o homem que domina a escrita, classifica os arquivos, redige as ordens, aquele que é capaz de recebê-las por escrito e, que, por conseguinte, é naturalmente encarregado da sua execução”. Era uma função masculina.

A mulher passa a atuar como secretária, de forma expressiva, na Europa e nos Estados Unidos, a partir das Duas Guerras Mundiais. Com a escassez de mão-de-obra masculina, desviada para os campos de batalha e, com uma estrutura industrial/empresarial desenvolvida, as empresas não tiveram outra alternativa, para manterem-se em funcionamento, senão a de utilizar a mão-de-obra feminina, em todas as áreas.

No Brasil, vamos perceber a atuação da mulher como secretária a partir da década dos anos 50, com a chegada das multinacionais, cuja cultura organizacional já estava habituada com a presença da mulher.

Muitas mulheres maduras dos nossos relacionamentos atuais iniciaram suas carreiras como secretárias. O perfil na época era ser leal, organizada, discreta, dedicada, ter habilidade na máquina de escrever e dominar o idioma.

Com a revolução digital, a reestruturação dos espaços nas empresas e maior autonomia por parte dos executivos, a função mudou, como tem acontecido com muitas outras profissões.

Muitos profissionais deixaram de ser secretárias, mudaram para outras funções. Desde funções operacionais, crescimento na carreira como executivas e, recentemente algumas tem assumido o desafio como Assistente Virtual com a possibilidade de poder trabalhar online e atender várias demandas, inclusive de infoprodutores.

Mas você sabe o que é ser uma Assistente Virtual?

No livro “’Trabalhe 4 horas por semana” do autor Timothy Ferriss ele mostra a importância de ter Assistentes Virtuais nos quatro cantos do mundo. Conta com essas profissionais para ter mais tempo livre e aliviar a sua carga de trabalho.

Segundo Camile Just, criadora do site www.comoserassistentevirtual.com.br, ser assistente virtual é muito mais do que trabalhar por conta própria. É poder usar suas experiências e habilidades para ter uma nova perspectiva na carreira. É ter a oportunidade de criar o seu próprio trabalho, tornando possível o sonho da autonomia profissional e de tomar as rédeas da sua carreira.

Perfeito para o público 50+ que acumula experiência e pode desenvolver uma nova carreira.

Veja a entrevista de uma ex-secretária que se tornou Assistente Virtual.

Assistente Virtual: Reinvenção depois dos 50 anos | Camile Just – 17´05

Poder colaborar com a organização de uma empresa ou de um executivo sempre foi um talento valioso das secretárias para as quais prestamos nossa homenagem. Feliz Dia Da Secretária!

Siga nossas páginas nas redes sociais Facebook e Instagram.

Fontes:

https://sinsesp.com.br/a-origem-da-profissao-de-secretaria-o/

https://www.mensagenscomamor.com/dia-da-secretaria

https://www.portalsaofrancisco.com.br/calendario-comemorativo/dia-da-secretaria

https://facnopar.com.br/blog/623-dia+da+secretaria/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.