Neurociência e longevidade?

Neurociência e Longevidade

Neurociência é o campo científico que se dedica ao estudo do sistema nervoso, formado pelo cérebro, medula espinhal e nervos periféricos.

A neurociência explica não somente as reações do corpo, mas os fenômenos da mente.

Mas como o estudo da neurociência pode nos ajudar a termos uma longevidade mais feliz?

Fomos conhecer a neurociência da felicidade.

A neurociência da felicidade nos convida a conhecer os mecanismos do cérebro associados a sentimentos positivos e como ativá-los.

Em tempos tão difíceis como estando vivendo com a pandemia é um desafio manter os momentos de felicidade o tempo todo. Irritabilidade, raiva, intolerância, ansiedade e angústia têm sido nossas companheiras e atrapalham a produção dos neurotransmissores responsáveis pelas sensações de alegria e bem-estar.

Mas algumas técnicas podem ajudar a promover os efeitos positivos dos neurotransmissores: serotonina, endorfina, dopamina e oxitocina. Vamos colocar em prática?

  • Serotonina: neurotransmissor do bem-estar – É estimulada sempre que a pessoa está realizando algo que gosta ou se sente reconhecida. A serotonina promove bom humor e relaxamento. Algumas dicas dos especialistas:
  1. Exercite-se – mesmo as atividades leves ajudam a promover relaxamento fazendo a pessoa sentir-se bem.
  2. Relembre momentos felizes – veja fotos antigas de situações positivas ou converse com alguém querido para falar de coisas boas vivenciadas juntas.
  3. Tome sol – mesmo que seja apenas meia hora por dia, pois a luz natural é essencial para a produção de vitamina D, que também eleva o nível de serotonina.
  • Endorfina: a morfina do corpo – Analgésico natural. Desperta euforia quando você sente dor.
  1. Assista filmes tristes – estudos publicados indicam que um bom drama daqueles de fazer chorar ajuda a produzir endorfina. É uma resposta emocional a um momento de dor; um desabafo.
  2. Reforce a atividade física.
  3. Trabalhe em conjunto: Compartilhar uma atividade com outra pessoa pode gerar aumento das endorfinas. Gera sensação de pertencimento a um grupo. Ameniza a dor e libera a sensação de prazer.
  • Dopamina: motivação – É o impulso que te empurra para atingir seus objetivos.
  1. Defina metas de curto prazo – estimula a produção de dopamina porque existe algo a ser conquistado ou superado.
  2. Medite – facilita a concentração e o estado de presença para acalmar a mente.
  3. Aprenda algo novo – ativa o mecanismo de recompensa do cérebro. O processo de aprendizado requer esforço em busca da meta.
  • Oxitocina: neurotransmissor dos vínculos emocionais – Motivada por um abraço ou um olhar carinhoso. É um composto cerebral importante na construção da confiança.
  1. Receba uma massagem – o toque é estimulador desse neurotransmissor, pois promove uma sensação de acolhimento.
  2. Faça uma atividade voluntária – boas ações conectam pessoas, portanto estimulam o cérebro a produzir oxitocina.
  3. Brinque com o bichinho de estimação – um cafuné no gatinho ou cachorro também ativa o neurotransmissor.

Sugestões de livros:

Cérebro e Meditação

 

 

Cérebro e meditação: Diálogos entre o budismo e a neurociência- por: Matthieu Ricard e Wolf Singer-

Onde comprar: https://www.amazon.com.br/

 

 

 

O Cérebro que se transforma

 

O Cérebro Que Se Transforma – por Norman Doidge

O cérebro se modifica. Ele é um órgão plástico, vivo e pode de fato transformar as suas próprias estruturas e funções, mesmo em idades avançadas.

Onde comprar: https://www.amazon.com.br/

Veja algumas sugestões de vídeos que pesquisamos para você saber mais sobre neurociência:

Trecho de aula – Suzana Herculano-Houzel-neurocientista | PUCRS On-line | 04:57

Neurociência na Educação – Cérebro: Guia do Proprietário- 21:06

Neurociências: contribuições para a aprendizagem. – 31:45

Explicando – A Mente – Netflix

2019 | 14 | 2 temporadas | Documentários sobre ciência e natureza

Explicando a Mente - Netflix

Assista ao Trailer: https://www.netflix.com/br/title/81098586

 

Cuide bem do seu cérebro: Alimente-se bem, faça atividade física regular, controle o estresse e tenha um boa noite de sono. Tudo isso irá refletir positivamente na sua saúde mental para uma longevidade plena e feliz.

Quer saber mais sobre Bem-Estar? Inscreva-se no nosso Canal do Youtube e siga nossas páginas nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.