Menopausa, calores e os benefícios da Nutrição

Menopausa - Calores e os benefícios da Nutrição

Os fogachos também chamados de ondas de calor ou “hot flashes”, comuns para a maioria das mulheres durante o período da menopausa, é um dos sintomas fisiológicos mais desagradáveis desta fase mas podem ser minimizados com uma dieta alimentar adequada.

Neste Vídeo, a Fundadora da Estilo 5.0+ Cintia Yamamoto, bate papo sobre a Menopausa, calores e os benefícios da Nutrição com Laura Contin de Sousa, Nutricionista, com mais de 15 anos de experiência em atendimento em consultórios, Hospitais e Clínicas e especialização em Gastronomia e Negócios em Alimentação.

Confira alguns insights do bate papo e assista a íntegra no Canal da Estilo 5.0+ no YouTube!

Dados de estudos recentes sobre a menopausa e a nutrição

Segundo Laura Contin, os fogachos acontecem na menopausa em decorrência da perda de hormônios, em especial, o estrógeno.

Os cuidados da mulher atual são muito diferentes da mulher das gerações anteriores. A reposição hormonal, exercícios, medicina preventiva e alimentação mais saudável podem ajudar a passar por este período de uma forma mais suave.

Porém, mesmo com o aumento da prática de exercícios pelas mulheres, esta atividade e a mudança da rotina na alimentação ainda permanecem como um desafio.

Estudos recentes mostram que ainda há muito sal na dieta e somente 10% das mulheres estão fazendo exercícios. A alimentação processada, como os embutidos por exemplo, contém um excedente de sal para preservar os alimentos.

Par as mulheres que já tentaram de tudo para reduzir os fogachos e não conseguiram, a medicina oferece alguns medicamentos que podem ajudar, mas sempre com a recomendação de um profissional qualificado.

Em estudo recente realizado nos Estados Unidos, demonstrou que o uso do ômega 3 resultou na redução dos fogachos e na criação de alguns hormônios.

Há outros estudos baseados no consumo de vegetais, por exemplo, sendo a soja prioritária nesse grupo alimentar. Consumir mais verduras também irá refletir em outros aspectos, como funcionamento do intestino e redução do inchaço no abdômen.

No estudo em questão, o uso de ½ copo de soja por dia reduziu 80% dos fogachos.

Alguns exemplos de alimentos que podem ajudar a reduzir os fogachos na menopausa

Laura reforça que na alimentação, as gorduras saudáveis como ômega 3 presente em  peixes, castanhas e linhaça auxiliam no processo.

Coma peixe, pelo menos uma vez por semana, para garantir o fornecimento de ômega 3. Se não gostar de sardinha, corvina ou anchova que têm cheiro mais acentuado, opte por iniciar com peixes mais leves, como a merluza ou saint peter, por exemplo. A diferença entre a gordura de uma carne vermelha e um filé de peixe é enorme, além do peixe ser puro ômega 3, recomenda Laura.

A isoflavona, encontrada principalmente na soja, costuma ser indicada para reduzir a frequência e a intensidade dos sintomas da menopausa como suor noturno, ondas de calor e insônia. Além disso, pode ser usada para aliviar os sintomas da TPM, diminuir o colesterol ruim ou prevenir a osteoporose na pós-menopausa.

Importante esclarecer que a isoflavona não está somente na soja, mas também nos seus derivados como por exemplo, no tempê e no tofu, alimento completo que pode ser consumido puro, ou em saladas, patês e sopas.

Da mesma maneira que existem alimentos que ajudam a reduzir os fogachos, também existem os que devem ser evitados, como os alimentos com muito sal, açúcar ou frituras, alerta Laura.

Uma dica de receita rápida da Laura para o tofu: pode ser misturado com ervas e azeites. Triturado no liquidificador ou mixer e depois servido em torradinhas e até como base da bruscheta, por exemplo.

Para ver o bate papo da Fundadora da Estilo 5.0+ com a Nutricionista Laura Contin, acesse:

Se você tem interesse em fazer contato com a nutricionista Laura Contin, você pode encontrá-la no site https://nutrilaura.com.br/nutrilaura ou no instagram @nutrilaura.sousa

Quer saber mais sobre Bem Estar e participar da jornada da revolução da Longevidade com a gente?

Inscreva-se no nosso Canal Youtube, dê um like e ative o sininho para receber as notificações de novos vídeos!

Continue navegando aqui no site e siga nossas páginas no Instagram e Facebook.

Um abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.